sábado, 17 de maio de 2014

Escrever sobre o quê?

Sobre o que não se vive, pois o que se vive fica eterno, no íntimo mais profundo da memória de um ser. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário