segunda-feira, 28 de abril de 2014

Dois olhos...

Negros que me olham e me vê. Me vê... Me vê só a escuridão de defeitos.
Um dia, mas só um dia desses, eu vou conseguir fazer com eles vejam as maravilhas que existem. Que sei que existem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário