terça-feira, 3 de junho de 2014

Pensamento...

Muitas vezes o momento em que você mais escreve sobre amor é quando não se tem um para aproveitar esses mesmos, pois quando se tem não se escreve, e sim, se vive.

sábado, 17 de maio de 2014

Escrever sobre o quê?

Sobre o que não se vive, pois o que se vive fica eterno, no íntimo mais profundo da memória de um ser. 

Pensando

Quando digo que amo é porque amo. Uns menos, outros mais, outros nem tanto assim, mais amo.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Não quero...

Palavras negativas vinda a mim.
Pensamentos negativos jogados a mim.
Coisas negativas em geral.
As palavras? A transformo!
Os pensamentos? Os jogo bem longe!
Todas as coisas negativas em geral eu jogo.
Não quero de jeito nenhum.
Estamos conversados.

Dois olhos...

Negros que me olham e me vê. Me vê... Me vê só a escuridão de defeitos.
Um dia, mas só um dia desses, eu vou conseguir fazer com eles vejam as maravilhas que existem. Que sei que existem.

domingo, 12 de janeiro de 2014

Pensar no que faz feliz.

Poderia um pacote todo, mas uma unidade só me faz...
O que me faz feliz não é a quantidade e sim a qualidade de cada momento, de cada pessoa, de como é vivido.
Tento levar sempre cada coisa dessa forma.
Me surpreendo as vezes, mas, em muitas não.
Pensar no que me faz feliz, faz com que queira cada vez mais aquilo, estar com aquilo, estar com a pessoa.
Um sorriso, um abraço, por mais simples que seja, já é um sorriso, um abraço... E me faz muito feliz!
Me faz feliz!
Uma unidade só do pacote.
Você!

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Palavras são palavras...

Assim como o vento é o vento, a flor é a flor, o suspiro de amor é um suspiro, só que de amor. Tudo tem a sua importância, o seu sentido, a sua significância, significado... Importância. Importante! É importante! Sim! O doce que me adoça a boca tem um gosto forte de delicadeza, sendo amaciado por outros compostos como o amor, o desejo... Enquanto o seu... Eu não sei. Cada um sabe o que é bom. Gostos também são gostos.

(André Luiz)