quarta-feira, 1 de maio de 2013

Acompanhado se torna mais fácil.

É preciso atravessar a rua que nos corta.
Um passo de cada vez. Afinal, atravessar uma rua movimentada te exige cuidado. Você corre riscos. O de ser atropelado é um dos exemplos.
Atravessada, pronto! Na volta você vai estar...
Estando acompanhado é mais fácil.
Um segurando a mão do outro com os dedos entrelaçados e anelados.
Dá para se sentir mais segurança.

É preciso plantar.
Árvores tem que nascerem, crescerem...
São vidas! E elas tem que vir!
Imaginando: De uma semente, a uma nova vida.
Isso é possível.
E estando acompanhado é mais fácil.
Dá para sentir mais segurança.

É preciso organizar.
Mudanças tem que acontecer.
Tanto o caminhar te exige força, como o plantar coragem.
Ao atravessar a rua, retornar, plantar, fazer com que cresça... Irá precisar de muito mais que só coragem e força. Mas, se não tiver, dá para se encontrar. Ainda mais estando acompanhado.


2 comentários:

Mª Gyzele Moura disse...

Acompanhados tudo fica mais gostoso, né?! Imagine a caminhada =)

Que a vida te evolua, te sacuda, te eleve, mas nunca mude sua essência... Que essa sim foi a que cativou a todos!


;DD

André Luiz disse...

Hô amiga, a caminhada principalmente - A qual enfrentamos desafios, a que usamos para perder aqueles quilinhos... Rsrsrsrs... - Fica mais gostosa sim. Ao lado de quem gostamos tudo é melhor.
A vida me deu presentes lindíssimos (pessoas) e fico feliz por cativar e me tornar inteiramente responsável por isso.
Pode deixar que sacudidas, elevações, evoluções... podem acontecer, mas sempre procuro manter a essência. Por mais que as vezes desvie um pouco do caminho acabo voltando. Apesar de nessa volta as coisas muitas vezes já não estarem mais as mesmas por conta do tempo que se passou.
Beijão!
PS: Não vejo a hora de caminhar ao seu encontro.

Postar um comentário