sexta-feira, 26 de abril de 2013

Um inteiro e não só um quarto dele.

Estão inclusos
O tudo,
Os meios...
E não só um!
Entendo o meu.
O teu distorcido,
Não entendo.
Me pergunto o "porquê".
Porquê?
Penso de várias maneiras.
Você de uma só.
Penhascos?
Onde?
Não consigo ver
Apesar de você já ter se jogado de um.
Minha visão...
Meus pensamentos...
Enquanto só me tranquilizo.
Suas visões...
Seus pensamentos...
Escutando-os
Juntando-os
Me aterrorizo.
Não dá para seguir por dois caminhos!
Como o seu pensar,
Como o seu agir...
O meu inteiro não vai ser.
Pois não consigo entender!
Tudo se embaça pra mim.
Somente um quarto
Não é um inteiro.
Não!
Não tem como!
Seria eu o louco?
Ai de mim...
Ai de mim se perder o rumo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário