segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Tic, tac...

É o som do tempo que passa se arrastando cansado.
Tic, tac...
Penso em você a cada letra que soa nesse...
Tic, tac...
Que passa com o tempo que passa.
Puxa!
Quanto tempo falta...?
Xi!
Muito ainda.
Faz tão pouco tempo que te vi e já estou com saudade.

(André Luiz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário