segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Ato de amar.

Não são eles que me fazem bem.
Seus sapatos, guardanapos também.
É o seu olhar que me cativa quando olha.
É o seu pensar e falar em futuros acolhimentos.
É o seu jeito de dizer que me ama,
Que me dá a certeza de que
Por mais que brigamos,
Há sempre uma forma de dizer que te amo.

(André Luiz) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário