sábado, 19 de fevereiro de 2011

Não corro.

Não tenho pressa.
Não corro.
Posso cair e danificar a peça.
A mim.
Caminho lento.
Passo vago,
Sem documento.
Caminho.
Percorro o caminho a sua procura.
Não tenho culpa.
A pressa não tenho.
Não corro.
Posso suar e danificar a peça.
A mim.
Caminho agora mais lento.
A causa é que cheguei a ti.


André Luiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário