terça-feira, 24 de agosto de 2010

Não sei!



Estou preso em um lugar qualquer sem ver, sem respirar...
A única coisa que consigo perceber é que tem alguém ao meu lado, mas não é você.
Onde será que estou eu?
Onde eu possa estar?
Onde está você?
Onde está eu, tu, ele, nós, vós, eles?
Não sei!
Onde posso me encontrar?
Onde posso perceber que minha verdade na realidade morreu?
Se é que ela foi mesmo assassinada.
Não sei!
Estou preso em um lugar qualquer sem pensar, sem concentrar...
A única coisa que sei é que estou perdido.

(André Luiz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário