domingo, 28 de março de 2010

Para tudo existe algo.

Para o beijo... A boca.
Para o toque... As mãos.
Para ver... Os olhos.
Para a traição... A solidão.
Mesmo com o coração laçado ou não.
Para a conquista... A liberdade.
Para ter felicidade!
Beijar, tocar, ver, conquistar, libertar, ser feliz e ser... Traição.
Essa por mim não existia, não!

(André Luiz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário