terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Desconfiança em %.

Do que menos possa imaginar eu desconfio.
Dos raios de sol que podem queimar minha pele, do vento que sopra podendo transformasse em vendaval, da planta que cresce e se realmente vai dar sombra no quintal, do monte de comida no prato se tal qual irá matar a fome, da pouca água que talvez mate a sede, das palavras que falo podendo ou não ser confortantes para quem escutam...
Por que não desconfio dos outros?

(André Luiz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário