quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Aqueles que amam...

...Cada um por cada um?!
Qual o sentido?!
Dar-se por inteiro a todos sem ter medo?!
Usar-se amorosamente a todos?!
Qual o sentido?!
Amar cada um aos poucos é mais gozador?
Amar a quantidade inezata, teu coração é capaz, mas, em fim, há vários amores, todos eles diferentes.
Amar é tudo que passamos grande parte fazendo.
Amando a quem nos ama.
Gloriando a quem nos gloria.
Ai, o resto, é resto. Até o ponto em que possamos ama-los também.
Assim não sobra tempo para a tristeza, angustia, solidão... E mesmo quando aparecem, lembramos de pessoas que existem e que nos amam, pessoas que estão sempre ao nosso lado.
Vida!
Vida vivida e idolatrada.
Amor de forma dada.
Hoje temos e gratificamos a quem o merece (Quem merece).

"Os que amam, amarão à aquele que não ama, pois não serão secos iguais a eles."

Qual o sentido?
Esse cada um tem o seu guardado.

(André Luiz)

2 comentários:

Gyzas disse...

"Assim não sobra tempo para a tristeza, angustia, solidão... E mesmo quando aparecem, lembramos de pessoas que existem e que nos amam, pessoas que estão sempre ao nosso lado."


Quando amamos quem nos ama nunca nos sentimos sozinhos.
Vamos seguindo... amando quem me ama, sendo e fazendo os outros felizes... quanto aos outros, não me interessam.


AToooro demais esse meu doido :D

André Luiz disse...

Huahua =D
Nem vou comentar nada do que penso, viu!
Rsrsrs.
Beijão!!

Postar um comentário