quarta-feira, 1 de julho de 2009

Tonteira por giração

O mundo gira...
O pião gira...
Fico tonto sem conseguir me posicionar em pé.
Cambaleio de um lado para o outro.
Frente, costa, já não sei qual é qual.
Me deixa enjoado.
Faço um circulo com restos.
Vomito a raiva, a agressão...
Tortura...
Paro.
O mundo ainda gira...
O pião para, pois não tem mais força.
Eu paro.
O mundo gira...
Gira...

(André Luiz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário