quarta-feira, 15 de julho de 2009

Quando?

Pensar em você e imaginar um verdadeiro espaço diante de mim.
Ficar a ver um campo imenso, rodeado de flores que emanam cada vez mais forte o cheiro que me faz lembrar de você.
Ver tudo ao meu redor sem defeito, real ou com ilusão, aquilo que completa a solidão.
É quando estou sem você...
"Engraçado brincar com a imaginação diante do prazer que se dá em estar livre, livre para viver, viver para se realizar".
Agora.

(André Luiz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário