quarta-feira, 15 de julho de 2009

"Nenhum caminho de flores conduz a glória".

Apareceu de surpresa, tocou o material com tamanha ferossidade e caiu, ficou lá por tempos e sem se mover parecia que estava falecido, aos poucos voltou ao normal e se ergueu novamente e atingiu o mesmo material transparente. Agora, estando mais conciente da pancada, seguiu pelo outro caminho, desistindo daquele que a tempos antes tentava.

"Muitas vezes nos deparamos com obstáculos, batemos de frente varias vezes e imaginamos que procurando outro caminho sendo ele fácil poderá ser o melhor de seguir".

(André Luiz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário