quarta-feira, 1 de julho de 2009

Escritas em tempo e espaço

Para que escrever algo se é nos meus gestos que estão todas as maravilhas que quero te dizer?
No tocar de minhas mãos,
O acariciar de tua pele.
No olhar,
A verdade de te ter como amiga.
No abraçar,
O carinho que sinto por ti.
No falar,
A proteção que tenho a você.
No respirar,
A afegação no simples momento de estar ao teu lado.
No ouvir,
A atenção em tuas palavras.
Assim, de gestos em gestos te digo cada dia que te adoro.
Só escrevemos ou falamos algo quando conquistamos o espaço e tempo necessário.
E isso eu possou.

(André Luiz)

2 comentários:

Blog da Gyzas disse...

"Assim, de gestos em gestos te digo cada dia que te adoro." :)

Muito bom conquistar esse espaço na vida de alguem a ponto de sentir como se sempre estivessemos juntos! Vidas passadas? Talvez!

Reconhecemos amigos não pelos anos que passamos juntos, mas pela intensidade em que nos doamos aos outros ;)

André Luiz disse...

É isso ai!! Vidas passadas ou não o bom da vida é estar também contigo. Beijos minha doida! =D

Postar um comentário