quarta-feira, 15 de julho de 2009

"Todas as cartas de amor são ridículas, mas, mais ridículos são aqueles que nunca escreveram uma carata de amor".

(De um amor que existiu).

Nenhum comentário:

Postar um comentário