terça-feira, 9 de junho de 2009

Para muitos e não para poucos

É tanta precariedade que vemos nesse mundo em que vivemos e que muitos fingem viver!
Vistosas vidinhas são enfeitadas com colorido e farças de que tudo está perfeito diante da verdadeira realidade.
Homens oriundos se deixam levar pela supremacia do dia, pela superioridade de algo que vala mais e que com consequências mesmas devastadoras operam ordens de um sim.
Enquanto isso estamos nós em um outro patamar, lugar... Objetos por muitos visto como despresos, mal sabem que o que veem são imagens distorcidas da sua realidade fraca e mesquinha, pois somos de uma maior guarnição de força perante a eles. Maiores educações nos são dadas, vivemos na realidade, sofremos para ter o que queremos, não passamos adiante com uma total facilidade.
Alguns bastardos, outos oriundos, sem conceito do que é um bem viver maior.
"Todo conto de fada um dia se finaliza para dar-se início a outro".

(André Luiz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário